Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 81 3476-1547
No comando: Manhã da Comunidade

Das 08:00 às 10:00

No comando: Domingão Especial

Das 09:00 às 12:00

No comando: Sabadão de Sucesso

Das 09:00 às 12:00

No comando: Almoçando com música

Das 12:00 às 14:00

No comando: MOMENTO GOSPEL

Das 17:00 às 18:00

No comando: Especial Roberto Carlos

Das 18:00 às 20:00

No comando: Especial Roberto Carlos

Das 18:00 às 20:00

No comando: Amor sem fim

Das 20:00 às 00:00

No comando: O melhor da MPB

Das 22:00 às 00:00

Menu

“Ela mereceu”, diz agressor que espancou a mulher por mais de 20 anos

Depois de passar mais de 20 anos agredindo a companheira de forma impune, um desempregado, de 53 anos, foi enfim preso em flagrante nessa quinta-feira (10) e levado para a Delegacia da Mulher, no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. Ele e a vítima, uma empregada doméstica de 47 anos, viviam no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste. Ela sofreu socos e pontapés e foi ameaçada de morte pelo suspeito com um estilete.

Em depoimento à polícia, o homem, de forma espontânea, assumiu as agressões e disse que a espancou porque “ela mereceu”. Segundo o sargento Luciano Barros, ele também contou que já agride a esposa há muito tempo. “Inclusive os netos presenciam essas agressões diariamente e já estão com trauma”, disse o sargento.

A empregada doméstica tentou justificar as agressões do companheiro com o fato de ele estar bêbado quando as pratica. Ela também disse sempre ter tido medo de denunciar. “Falta coragem, muitas vezes é medo… E também um pouco de pena”, comentou a vítima, que preferiu não se identificar.

De acordo com a filha da mulher, que também prefere o anonimato, o padrasto a espancava quando ela era criança e chegou a abusar sexualmente dela. Depois da prisão do homem, a enteada espera que ele não volte a se aproximar dela e da mãe. Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, o homem será encaminhado para audiência de custódia nesta sexta-feira (11).

FONTE: OP9

Deixe seu comentário: