Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 81 9561-1163
No comando: Manhã da Liberdade

Das 08:00 às 11:59

No comando: Domingão Especial

Das 09:00 às 12:00

No comando: Sabadão de Sucesso

Das 09:00 às 12:00

No comando: Programa Samba na Rede

Das 12:00 às 14:00

No comando: Almoçando com música

Das 12:00 às 14:00

No comando: Show da Liberdade

Das 14:00 às 17:59

No comando: Forró das antigas

Das 18:00 às 19:00

No comando: Especial Roberto Carlos

Das 18:00 às 20:00

No comando: Love Hits com Sérgio Ricardo

Das 20:00 às 22:00

No comando: O melhor da MPB

Das 22:00 às 00:00

Menu

Brasil vence o Uruguai por 2 a 0 e termina o ano na liderança das Eliminatórias da Copa

Brasil vence o Uruguai por 2 a 0, em pleno estádio Centenário, em Montevidéu, e termina o ano na liderança das Eliminatórias da Copa.

 

Com quatro vitórias em quatro jogos, a Seleção é a única com 100 por cento de aproveitamento.

 

Os gols foram marcados pelo volante Artur, que entrou no lugar de Allan, com dores musculares, e pelo atacante Richarlison, o substituto de Neymar, cortado por lesão.

 

Apesar de sofrer uma certa pressão, no começo, o Brasil conseguiu se comportar bem, diante de um time forte, e teve uma atuação segura.

 

É verdade que o Uruguai jogou desfalcado de, talvez, seu principal craque, o atacante Suarez, que está com Covid.

 

Porém, o Brasil, além de Neymar, já citado, também não contou com outros nomes importantes, como Casemiro e Coutinho, todos machucados.

 

Também nesta terça, a Venezuela venceu o Chile por 2 a 1, a Argentina fez 2 a 0 no Peru, Paraguai e Bolívia ficaram no 2 a 2, e o Equador goleou a Colômbia por 6 a 1.

 

Caso as Eliminatórias terminassem hoje, estariam classificados para a Copa do Catar, em 2022: Brasil, com 12 pontos; Argentina, com 10; Equador, com 9; e Paraguai, com 6; enquanto o Uruguai, em quinto, também com 6, disputaria a repescagem.

 

O torneio será retomado apenas no dia 25 de março do ano que vem, quando o Brasil encara a Colômbia, fora de casa.

Agencia Radio 2

Deixe seu comentário: